Pular para o conteúdo
Início » Prêmio Empreendedora Curitibana intensifica ações na região de Curitiba

Prêmio Empreendedora Curitibana intensifica ações na região de Curitiba

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas até este domingo (16/7)

Nesta reta final para que as mulheres de negócios de Curitiba e Região Metropolitana (RMC) confirmem a participação, o Vale do Pinhão intensificou as ações nas cidades vizinhas à capital paranaense para convidar as empreendedoras a participarem da disputa pelo reconhecimento por seus trabalhos.

Em três dias, foram cinco eventos em três cidades, que reuniram 340 mulheres de Curitiba, Rio Branco do Sul, Lapa e cidades vizinhas. Além de informações sobre as etapas da premiação e como participar, elas participaram de capacitações, palestras, workshops e tiveram a oportunidade de ampliar suas redes de contato.

“A cada novo local, é uma alegria ver tantas iniciativas de qualidade, que geram renda e contribuem para movimentar a economia das suas cidades. Queremos ampliar o apoio para que seus empreendimentos prosperem e o convite para o Prêmio é uma das ações com este objetivo”, destaca a coordenadora do Programa Empreendedora Curitibana, Daniela Vitorio Del Puente.

Mini Maratona

A mini maratona de eventos na reta final das inscrições do Prêmio Empreendedora Curitibana 2023 começou na quarta-feira (6/7), com a equipe do Empreendedora Curitibana se revezando para promover três eventos. Um deles foi a roda de conversa no estande do Vale do Pinhão no Expo Educação, no Parque Barigui. Nos dois dias da Expo, promovida pela Secretaria Municipal da Educação (6 e 7/7), 150 mulheres participaram dos encontros.

Também na quarta-feira (5/7), em Rio Branco do Sul, 25 mulheres da cidade e de Itaperuçu participaram do Conexões Mulheres Empreendedoras. Entre elas a prefeita da cidade, Karime Fayad, que fez uma das palestras da noite. “Mulheres estão na política, empreendendo e ocupando posições de destaque. Aqui em Rio Branco, a prefeitura conta com 50% de secretários homens e 50% mulheres, essa é uma forma de empreender, garantindo a inclusão e a igualdade de oportunidades para todos”, disse a prefeita.

No mesmo dia, na sede do Sebrae-PR em Curitiba, o workshop sobre storytelling, ministrado por Juliana Karam, reuniu 80 mulheres.

Na quinta-feira (6/7), o encontro foi no Instituto Legado, em Curitiba, que reuniu outras 25 empreendedoras, voltadas a ações de impacto social, uma das categorias da disputa do Prêmio.

Na sexta-feira (7/7), foi a vez da Lapa receber o Conexões Mulheres Empreendedoras, com 60 participantes e organizado em parceria com a representante do Comitê Gralha Azul, Célia Rocha. “Foi uma ótima oportunidade de reunir mulheres empreendedoras da região, falar sobre novas oportunidades, fazer conexões e parcerias”, disse ela.

O Comitê reúne representantes de cidades da RMC (Agudos do Sul, Balsa Nova, Campo Magro, Campo do Tenente, Contenda, Lapa, Mandirituba, Piên, Quitandinha, Rio Negro, Tijucas do Sul e Fazenda Rio Grande).

A primeira-dama da Lapa, Janaina Piovesan Ribas, elogiou a iniciativa da Prefeitura de Curitiba e do Vale do Pinhão, por meio da Agência Curitiba, em estender a premiação para as cidades da RMC, incluindo também as ações formativas de empreendedoras.

“As empreendedoras daqui ficaram muito entusiasmadas. Foi um evento muito importante, que trouxe estímulo para que elas queiram ter seu trabalho reconhecido além dos limites da Lapa. O Prêmio traz a oportunidade de alavancarem seus negócios, terem visibilidade em outras cidades, além de contar com o apoio do Empreendedora Curitibana, com mentorias, lives e capacitações”, destacou Janaina.

Também participaram representantes da Secretaria Municipal Extraordinária para o Desenvolvimento da Região Metropolitana de Curitiba.

Quem pode se inscrever

Prêmio Empreendedora Curitibana 2023 é promovido pela Prefeitura de Curitiba e pelo Vale do Pinhão, por meio da Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação, e visa reconhecer o trabalho das mulheres que empreendem na capital paranaense e na RMC e ofertar formações para que elas se sintam “empoderadas” e merecedoras do reconhecimento e se inscrevam.

Entre as premiações, as vencedoras ganham uma bolsa para o MBA em Empreendedorismo Social e Negócios de Impacto, ofertado pelo Instituto Legado.

As candidatas podem escolher uma das cinco categorias para concorrer:

  • Microempreendedora Individual;
  • Micro e Pequena Empresa;
  • Ideia Empreendedora;
  • Startups;
  • Iniciativa de Impacto Social.

Podem se inscrever mulheres que moram em: Adrianópolis, Agudos do Sul, Almirante Tamandaré, Araucária, Balsa Nova, Bocaiúva do Sul, Campina Grande do Sul, Campo do Tenente, Campo Largo, Campo Magro, Cerro Azul, Colombo, Contenda, Curitiba, Doutor Ulysses, Fazenda Rio Grande, Itaperuçu, Lapa, Mandirituba, Piên, Pinhais, Piraquara, Quatro Barras, Quitandinha, Rio Branco do Sul, Rio Negro, São José dos Pinhais, Tijucas do Sul, Tunas do Paraná.

Foto: Divulgação


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/jornaldoonibusdecuritiba/www/wp-includes/functions.php on line 5373

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/jornaldoonibusdecuritiba/www/wp-includes/functions.php on line 5373