Pular para o conteúdo
Início » Vítimas de preconceito ganham centro de atendimento

Vítimas de preconceito ganham centro de atendimento

Está começando a funcionar, no Centro de Curitiba, o serviço destinado a acolher e atender pessoas negras vítimas de racismo, intolerância religiosa e xenofobia. É o Centro de Referência Afro (Creafro) Enedina Alves Marques, lançado pelo prefeito Rafael Greca, nesta quarta-feira (29/11).

“Nesse espaço, que foi sede do Clube Curitibano e onde bailou em sua festa de formatura como engenheira nossa Enedina Alves Marques, colega de turma do meu pai, vamos oferecer atendimento intersetorial, psicológico e jurídico, e toda a articulação das políticas públicas da Prefeitura. É aqui que começa a se materializar a criação do Creafro”, disse Greca, ao lado da primeira-dama, Margarita Sansone.

“Juntos, vamos enfrentar com energia a discriminação e apoiar quem for vítima dela, porque o racismo existe e precisa ser combatido”, completou Margarita, entusiasta da iniciativa. Instalado na Rua Barão do Rio Branco, entre XV de Novembro e Marechal Deodoro, o serviço que homenageia a primeira mulher negra do Brasil a se graduar em Engenharia Civil já está sendo estruturado para ser a sede provisória do Creafro.

Foto: SMCS


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/jornaldoonibusdecuritiba/www/wp-includes/functions.php on line 5373

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/jornaldoonibusdecuritiba/www/wp-includes/functions.php on line 5373